João Campos – Deputado Federal

DEPUTADO JOÃO CAMPOS (PSDB-GO) CRITICA O ESTATUTO DO DESARMAMENTO

Notícias | / conteudo

Ao avaliar os resultados do levantamento feito pelo Ministério da Justiça e Instituto Sangari, que mostra o Mapa da violência no Brasil, o deputado federal João Campos (PSDB-GO), observou que a eficácia do Estatuto do Desarmamento executado pelo Governo Federal desde 2003, é inexistente. Segundo ele as consequencias positivas não surgiram, porque este projeto foi feito contra a vontade popular e demonstra agora, no âmago do seu curso, uma ação derrotada e inócua, que na tentativa de reduzir a criminalidade no país, deixou cada vez mais a população órfã de proteção. “Enquanto a população brasileira foi literalmente desarmada por conta do Estatuto do Desarmamento, a bandidagem está cada vez mais armada. Enquanto foi tolhido o direito do cidadão de se defender do bandido com a proibição de sequer possuir uma arma de fogo em sua própria casa, sem passar por extrema burocracia, o bandido por sua vez, facilmente consegue armas até mesmo com alto poder de fogo, para se defender da Polícia, atacar o povo e ferir a ordem do país”, desabafa o deputado.

Para o Campos às políticas públicas de desarmamento devem e precisam ser voltadas para os criminosos e não para os cidadãos de bem. “Retirar as armas de fogo das pessoas de bem foi muito fácil, pois elas, não sendo marginais, cumpriram a Lei e depuseram suas armas com a esperança de que a violência fosse realmente estancada, contudo, não foi, muito pelo contrário, aumentou substancialmente como é possível verificar nesta pesquisa”. Lembra João Campos.

Participe